PARA REFLETIR

PARA REFLETIR

quinta-feira, 15 de julho de 2010

ESCOLA CORA CORALINA

Escola Cora Coralina de Sarandi... Novos Tempos, uma nova sintonia com a comunidade.

SNC00374SNC00372A Escola Estadual Cora Coralina, adentra-se de “corpo, alma e coração” no conceito de “gestão participativa escolar” com as comunidades circunvizinhas do Jardim Esperança.

São os próprios pais e mães presentes, coordenado pela Diretoria da Escola, “empenharem-se” na inclusão de seus filhos a futuros menos sombrios frente à antiga e vulnerável dinâmica escolar dos mesmos.

Uma parceria entre a Paróquia N. S. Esperança, Pe. Décio, a Diretora da Escola, Profa. Mercia e a Ordem dos Pastores (daí seu caráter ecumênico) colocaram práticas sociais em ação num “Projeto-Piloto” denominado, provisoriamente, de “Rádio Escola” ( Foto acima).

Os princípios norteadores dos trabalhos se baseiam na máxima de “... que a Escola é nossa, então deverá ter a nossa cara”, visando proporcionar a própria participalidade do alunado na ressocialização dos valores morais e disciplinares exercidos no interior da mesma.

http://2.bp.blogspot.com/_J_iN45Hy-OA/S2i3AhmhSUI/AAAAAAAAAwE/mdwhmeLFUjQ/s400/PICT0046_800x600.JPGEstes passos serão galgados mediantes “Oficinas” de acordo com o perfil social captado pela equipe de coordenadores do projeto em tornar a própria comunidade auto-suficiente na organização e condução do projeto, evitando-se assim, sua descontinuidade ou fragilização das motivações intra alunos ou intra professores.

SNC00371(Antes) Assim, através da ação sistemática e pontual deste projeto de resgate e inclusão social perante aquela excluída comunidade e circunvizinhas promovidas pela integração dos pais de alunos, Escola, Igreja Católica e Faculdades, abrir-se-á uma nova sintonia no ar para levar novos tempos aquele povo em matéria de promoção e justiça social.

Portanto, a “Rádio Escola” já está em funcionamento no Colégio Estadual Cora Coralina, um dos mais depredados de Sarandi. Comprovando a velha máxima de quando se trabalha integrado com a comunidade, a escola prospera e inclui socialmente. (Depois).

Por

Dr. Allan Marcio

Nenhum comentário:

Postar um comentário